Total de visualizações de página

sexta-feira, 1 de março de 2013

Esse Tal Amor

Ela me olhou de um jeito,
Como se quisesse me censurar.
Ela me cobrou um sentimento,
Como se eu fosse capaz de amar.
Ela saiu porta afora, dizendo
que jamais ela iria voltar.
Ela me amaldiçoou dizendo,
que um dia eu iria chorar.



Eu já lutei por esse tal amor...
e o tal amor de nada me valeu.
O Universo torto desse tal sentimento!
Um amor que nunca me aconteceu.





O amor é uma faca
que te corta e dilacera...
Ele faz o teu espírito
entrar na mais imensa guerra,
guerra, guerra...
Guerra, guerra...




Ela me ligou dizendo
que tão logo ela iria voltar.
Uma voz meloza tão arrependida
Eu disse que eu iria pensar

O tempo dado foi o tempo necessário
Descobri que eu fiquei melhor sozinho
Tantas outras pretendentes
De repente já cruzaram meu caminho

Eu já lutei por esse tal amor
E o tal amor de nada me valeu
O Universo torto desse tal sentimento
Um amor que nunca me aconteceu

O amor é uma faca
que te corta e dilacera
Ele faz o teu espírito
entrar na mais imensa guerra
Guerra, guerra, guerra...
 
guerra guerra...

Nenhum comentário:

Postar um comentário